Fotografias de baleia jubarte

Sabe quando seu filho faz um desenho que na primeira olhada deixa você ainda na dúvida: “Hum, o que bem será isso?” Uns rabiscos, algumas cores; fino, grosso, pontinhos.
“O que é isso filho?
– É uma baleia jubarte, papai…
Nossa!”
Talvez sejam seus olhos, não o desenho dele; talvez seja apenas o ponto de vista, literalmente.
Muitas vezes nossos olhos de adultos desacostumam a ver o mundo real, como ele é, e ficam fantasiando perfeições que só existem dentro de nossas cabeças fechadas.
a terra vista do ceu - yann arthus-bertrandQuarta-feira a noite, quase chuva, eu passava pelas ruas ao lado do Parque Trianon (R. Peixoto Gomide). Com passo apertado, eu só queria chegar, mas fui impelido a parar, olhar e ver a exposição “A Terra Vista do Céu” (Yann Arthus-Bertrand), que acabara de ser instalada ali.
Enxeram-me os olhos adultos diversas telas com as mais plásticas e coloridas imagens (fotografias), de um ângulo muito privilegiado e desconhecido (o céu).
“O que será isso?”, pensei. O que o meu criador de baleias jubarte diria que é isso?”
Um viaduto transfigurava-se num elástico trançado gigante quando visto de cima. Uma plantação de tulipas enfileiradas em cores parecia um tapete fofo de lã quando observado sob a visão das águias. E, do alto, mulheres carregando tachos de água nas areias do deserto formavam uma silhueta instigante e verdadeiramente surpreendente. Um atol circundado das águas azuis ficava ainda mais semelhante ao paraíso quando sacada a foto de cima dos ventos.
Mesmo não sendo nada mais, nada menos, que a realidade, fez-me mudar o ângulo – e isso mudou tudo!
Que tal olhar o “desenho” do filho por um outro ângulo e extrair dele a poesia que ele verdadeiramente traz? Pode ser que a linha de visada dos seus olhos não estejam à altura real do desenho dele.
De qualquer modo, vale muito a pena levar o seu filho para conhecer a exposição (gratuita) no vão do MASP e nas grades do Parque Trianon, até 15 de dezembro de 2013.
Abraço, Edson

Como criar crianças felizes?

criancafelizQue nossos filhos sejam felizes. Esse é o desejo de todos os pais e mães, sem exceção. Mas o que fazer para que eles sejam realmente felizes?

Em primeiro lugar amor e carinho. E em segundo lugar, a capacidade do adulto de administrar seu estresse.

“Praticar técnicas de relaxamento e esportes e investir na própria psicoterapia favorece a capacidade de entender melhor o que sentimos e as chances de cuidar bem de crianças”.

É o que diz um dos artigos publicados pela Biblioteca Mente e Cérebro, que traz as revelações da ciência sobre o que funciona na hora de tomar decisões sobre educação.

Também estão na lista das 10 maneiras de criar filhos felizes:

  • mostrar para os filhos a importância de manter relações afetivas verdadeiras, como viver um casamento saudável, por exemplo
  • incentivar autonomia da criança
  • valorizar a curiosidade dos filhos e a disposição de aprender
  • conversar com as crianças, especialmente nos momentos em que vivem temas delicados
  • proporcionar um estilo de vida saudável

“A criança não separa os processos cognitivos dos sentimentos. O estímulo da capacidade intelectual precisa do contato emocional.”

Além do Volume 3 da coleção Mente e Cérebro, que fala sobre Crianças Felizes, também estão ótimos os volumes sobre Criatividade e sobre Aprender Mais e Melhor. Eu tenho comprado e estou adorando a leitura.

coleção mente e cérebro